segunda-feira, 9 de março de 2009

O preço de um esforço, a alegria de ser Bailarina.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Existe um preço pra tudo, concordas? Pode ser, um preço ruim, ou bom, mas ele não deixa de existir.
Agora vem ao caso, o esforço, ele pode nos deixar tristes ou completamente Felizes, e deixar-nos de um jeito que só nós mesmos podemos explicar.
São duas palavras bem distintas, porém podem causar os mesmos sentimentos, o que as deixa tão próximas. Vamos incluir a palavra, Ballet.
No Ballet, tudo tem seu preço, devido o seu próprio esforço, até que rimou né? Mas é a pura verdade, sei explicar como, olha só:

- Quando você ganha, vamos supor, um solo, ou um pas de deux, você acha que foi por puro esforço, ou se torna uma coisa bem pessoal?

- Você é escolhida(o) para entrar num grau profissionalizante, você acha que é porque entende tudo de Ballet, ou por puro esforço?

São questões que EXIGEM a mesma resposta. Porém, ainda não consegui expressar minha alegria, vamos lá.
Conquistar, não basta pra mim, mas continuar conquistando para que eu possa obter mais créditos é a melhor solução.
Ainda não expressei a minha alegria. Isso tá enjoado né? Vou dizer logo.
Não ganhei nenhum solo, muito menos um pas de deux, entretanto, conquistei uma pessoa que acredita no meu crescimento, acredita na minha capacidade física. Irei citar mais uma vez, existe um preço pra tudo, e como não se torna excessão, estou pagando por ser lesada, por não raciocinar, isso vai ser consertado, breve.
Já que o erro, encontrou seu conserto, eu expresso toda a minha alegria a vocês, que escutam não apenas os meus desabafos, as minhas vitórias, a minha felicidade, mas sim, um suspiro meu, que batalhei durante 7 anos pra conseguir um elogio desses, nada mais nada menos, da mulher mais sincera que eu já conheço, e desde já agradeço principalmente a ela, que durante esses anos todos, ela teve a paciência, vontade, e acreditou que com o esforço, nada se torna impossível pra quem deseja chegar aonde ela está.

Texto dedicado a Tia Ana Rosa, minha professora, que apenas com poucas palavras, me deixou tão feliz.



4 caroços de cupuaçú!:

De nascimento, Silva. disse...

EU peguei a foto, bjs.
haahahaha
eu ri aqui!

De nascimento, Silva. disse...

ah, e parabéns Nick!

Claudia Nascimento disse...

Não é mais exclusiva: tá na internet!!!
Postou, bobou: a foto já dançou!!! rsrs
E ainda mais uma foto da Ana Rosa Crispino, dançando Kitri no Teatro da Paz. Você ACHA que quem conhece essa mulher ão vai querer essa foto?
É mais fácil colocar e pedir que sejam dados os créditos, quando alguém for usar

Ingrid Silva disse...

Achei muito boa sua dedicação a Ana Rosa, sabe, porque ninguém é bom ou excelente sozinho, há sempre alguém, um referencial, um suporte que nos impulsiona para realizarmos e desenvolvermos nossos objetivos.
Parabéns e Boa sorte!

Postar um comentário

 
Cupuaçú com Farinha © 2008. Design by Pocket